Rodrigo Travitzki, 14/01/2011

A repressão policial já virou tradição em São Paulo, estado sob monopólio tucano há mais de uma década. Se em outros casos houve discussão se a polícia teria exagerado ou se os manifestantes realmente precisavam ser “controlados” (como no caso da invasão da reitoria da USP), o episódio de ontem parece bem menos polêmico. Os relatos e reportagens que vemos na rede revelam um impressionante desrespeito da prefeitura do Kassab em relação ao direito democrático de se expressar e manifestar.

Quando Heródoto Barbeiro questionou Serra sobre os preços do pedágios, foi tirado do Roda Viva. Quando estudantes reclamam do preço da passagem, representando interesses de toda a sociedade paulistana, Kassab responde com violência gratuita. Então eu pergunto aos PSDBs: o que significa esse “D” na sigla do partido? (obs: não sou petista, psolista, nada disso. Aliás, nem tenho time de futebol, que hoje em dia é quase a mesma coisa que partido).

A imagem abaixo fala por si só, foi tirada do vídeo que está no final do post.

“O responsável pela operação, Tenente Siqueira, explicou que o objetivo era “dar segurança aos manifestantes para evitar que os mesmos sejam atropelados”. A explicação foi a mesma antes do início da caminhada e depois das agressões” virgula.uol

“A manifestação foi organizada em redes sociais da internet, como Orkut e Twitter. Os estudantes não conseguiram caminhar nem 15 minutos antes da intervenção da PM. Logo no início da passeata, quando tentavam fechar a Ipiranga, os estudantes foram alvo de bombas de gás lacrimogêneo, gás de pimenta e balas de borracha. Após o tumulto na República, os estudantes se reuniram na frente do Teatro Municipal. Mas, com todas as ruas e praças do centro cercadas por viaturas da Força Tática, o grupo desistiu da passeata.” Estadão

“Um grupo de 700 manifestantes – segundo estimativa da PM – se reuniu para protestar contra o aumento da passagem de ônibus de São Paulo para três reais (R$3), nessa quinta (13). Depois de caminhar alguns quarteirões no centro da capital paulista, os manifestantes foram dispersados pela PM com balas de borracha, bombas de gás lacrimogêneo, e spray de pimenta, deixando dois feridos e 27 detidos. …

Uma bateria turbinada com trompetes marcava o ritmo de gritos como “Aquele que não pula quer tarifa”, quando todos os manifestantes pulavam como se estivessem torcendo pelo seu time do coração. Mas a animação só pôde acontecer até a Avenida Ipiranga, onde a Polícia Militar dispersou os manifestantes com elastômeros (também conhecidas como balas de borracha), bombas de efeito moral e spray de pimenta.” virgula.uol


Veja o vídeo

(abaixe um pouco seu som antes…)

  • Pingback: Tweets that mention PM tucana: violência gratuita em manifestação pacífica « Blog do Digão -- Topsy.com

  • Vitorio

    Polícia demo-tucana fascista de merda!!!

    Dia 20 estaremos lá novamente e fazendo mais barulho!!!

    Vem pra rua vem CONTRA O AUMENTO!!!

  • Geraldo Gomes

    Bons tempos tivemos na ditadura militar, ou seja, em São paulo nos anos 70 um pipoqueiro ou um sorveteiro, podiam trabalhar livremente…hoje[26/01/11] “triste do pipoqueiro” que tentar trabalhar em São Paulo, pois, a Polícia militar está preparada para “esmagá-lo”.
    OBS; só mudaremos essa situação, se derrubarmos a DITADURA da imprensa e simultaneamente, das mídias. E o pior dos canais…tem sido, a televisão.

  • Ravelgp

    Salve, Digão!
    Estou conhecendo seu site agora; veja a coincidência: saí à cata de uma foto do V de Vingança para ilustrar meu post sobre a prisão de Dotcom (e Assange, e Pinheirinho) e cheguei ao seu post sobre a SOPA. Queria comentar lá, mas não foi possíel (por que?). Mas recomendei-o em meu blog, arquivoscriticos.blogspot.com. Dê uma passada lá, acho que temos muita ideia pra trocar.
    Grande abraço,
    Ravel.

  • http://blogdodigao.net Rodrigo Travitzki

    Fala, Ravel,
    legal o blog, vou incluir na blogosfera.. e realmente estava bloqueado pra comentários, talvez tenha sido o update do wordpress, vou ver isso.
    Nos falamos..
    Saravá!

  • Ravelgp

    Valeu, Digão. Assim que tiver tempo, vou abrir uma conta no wordpress e no facebook. Os blogueiros de esquerda precisam se conectar melhor neste país!